Sindicatos Médicos:

Você não está logado
Entrar | Cadastrar

FENAM reitera seu posicionamento em audiência sobre o Mais Médicos




A convite do Conselho Nacional do Ministério Público, a Federação Nacional dos Médicos (FENAM) participou de audiência pública, nesta segunda-feira (29), para discutir o Programa Mais Médicos, instituído pela MP 621/2013. Em sua exposição, o presidente da entidade, Geraldo Ferreira, questionou o secretário de Gestão do Trabalho e Educação em Saúde do Ministério da Saúde, Mozart Sales por não ter tido diálogo entre as entidades médicas e o governo. Para ele, que defende as causas trabalhistas, a MP 621/2013 é um desrespeito aos trabalhadores e à legislação. Sua justificativa se baseia em dois pontos principais: por ser um trabalho temporário com pagamento por bolsa e o acréscimo de 2 anos obrigatórios como residência no SUS. "Não queremos medicina de enganação. Vamos acabar com essa farsa que é um programa de educação. Se o ministro tivesse nos escutado, essa crise não estaria existindo". Para a FENAM a solução é a realização de concurso público, piso FENAM com pagamento feito pelo governo e repassado aos municípios e formação de uma rede assistencial completa. Ferreira ainda completou que a luta se dará na justiça para mostrar que a MP é irregular.




Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 1068 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)