Sindicatos Médicos:

Você não está logado
Entrar | Cadastrar

MP 568: presidente da FENAM fala sobre medida que diminui salários dos médicos em 50%




A MP 568/2012, que interfere na remuneração dos médicos servidores públicos federais e desfigura também, a jornada de trabalho daqueles que integram o executivo federal é o tema do "FENAM Comenta" deste mês. Editada pelo Presidência da República no último dia 14, a MP despertou revolta dos profissionais que integram o setor. Estima-se que 42 mil médicos servidores públicos em todo o país serão afetados.

De acordo com o presidente da FENAM, Cid Carvalhaes, a entidade já iniciou um trabalho junto ao Congresso Nacional no sentido de anular a proposta. O jurídico da entidade também está acionado para propor aos órgãos competentes a ilegalidade da Medida. O presidente da FENAM, Cid Carvalhaes, orientou também que médicos participem dos movimentos organizados nos estados, indo às ruas para protestar contra a MP.

Confira!





Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 983 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)